História das Doenças

A área de pesquisa História das Doenças reúne um conjunto de investigações sobre as representações, os saberes e as práticas relacionadas às doenças, compreendidas como fenômenos socioculturais, isto é, problematiza a doença como um objeto de estudo da História, possibilitando o seu entendimento como um fato social, cuja existência depende tanto do espaço e do tempo, como das características dos indivíduos e dos grupos atingidos. Afirma a historicidade das doenças, estabelecendo nexos entre as condições biológicas e a ordem social, relacionando-as com processos sociais, culturais, econômicos e políticos mais amplos.

Esta área de pesquisa se insere no debate historiográfico por meio das discussões travadas, sobretudo, nos campos da história social e cultural, em torno da noção de representação social/coletiva em sua associação com práticas e intervenções na vida social. Vem reunindo estudos sobre as concepções e práticas relativas a doenças específicas, bem como sobre as ações por parte de instituições médicas, do poder público e de organizações e grupos da sociedade civil tendo em vista seu controle, prevenção e tratamento.

Coordenadora: Dilene Raimundo do Nascimento (Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz)
E-mail: dilene.nascimento@fiocruz.br

História do Câncer

As fontes de informação sobre a História do Câncer foram desenvolvidas no âmbito do projeto “História do Câncer – atores, cenários e políticas públicas” em parceria entre a Casa de Oswaldo Cruz (COC) e o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) e se propõe a elaborar conhecimentos históricos sobre a trajetória das ações de controle do câncer no Brasil, assim como, produzir, coletar e organizar acervos de fontes orais, documentais e iconográficas relevantes para o estudo do tema. Também são listados a produção técnico-científica dos membros do projeto.

História da Poliomielite

As fontes de informação sobre a História da Poliomielite foram desenvolvidas, inicialmente, no âmbito do projeto “A história da poliomielite e de sua erradicação no Brasil”, do qual participaram pesquisadores da Casa de Oswaldo Cruz (COC), da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) e da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Foram produzidos e divulgados relatórios, seminários, artigos, banco de referências, banco de imagens e acervo de depoimentos orais sobre a História da Poliomielite no Brasil. A seguir foram incorporadas as fontes de informação sobre a História da Poliomielite na América Latina, a partir do projeto “A erradicação da poliomielite: uma história comparada Brasil e Peru”, do qual participaram pesquisadores da COC, da ENSP e da Universidade Cayetano Heredia. Leia mais