Pesquisa em Tempos de Covid-19

Pesquisando em tempos de Pandemia: Bibliografia e arquivos digitais

 

Uma das aflições recorrentes dos jovens historiadores vinculados a programas de pós-graduação em tempos de COVID-19 é não saber quando os acervos históricos vão voltar a estar disponíveis para pesquisa nos diversos arquivos do país. Pensando nisso, buscamos listar aqui o endereço de diferentes acervos digitalizados como forma de apoiar as atividades de pesquisas acadêmicas durante o período de isolamento social e de restrição de acesso aos arquivos físicos. Esperamos que o necessário #fiqueemcasa possa ser também um momento de grandes descobertas para a pesquisa! Nos ajude a divulgar outros arquivos.
Envie o site e o tema do arquivo para: historiaeloucura@fiocruz.br


 

SUPORTES NACIONAIS PARA PESQUISA

I.    Arquivo Nacional  

o Arquivo Nacional é um órgão público brasileiro. Subordinado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, ele é responsável pela gestão, preservação e difusão de documentos da administração pública federal. Disponibiliza milhares de documentos sob a sua guarda acessíveis em qualquer parte do mundo pela internet. Dispõe de diversos sítios eletrônicos, bases de dados e instrumentos de pesquisa que permitem a seus usuários o acesso à informação documental e arquivística, bem como a informações sobre suas atividades e eventos.
A documentação textual é proveniente dos poderes Executivo, Moderador, Judiciário e Legislativo federais, mas inclui também coleções privadas, entre eles os de Eusébio de Queirós, de Duque de Caxias, de Bertha Lutz, de Luís Carlos Prestes, de presidentes da República, assim como da Academia Brasileira de Letras, da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, do Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais (IPES) e da Associação dos Arquivistas Brasileiros.
A documentação cartográfica reúne mais de 44 mil títulos sobre as características geográficas de diversas regiões do mundo e do território brasileiro do século XVII ao XX.
Já a documentação iconográfica tem seu marco inicial na década de 1860, coincidindo com a expansão da fotografia e inclui imagens produzidas por importantes fotógrafos brasileiros e estrangeiros que atuaram no Brasil e no exterior, além de arquivos da Agência Nacional (1930-1979), do jornal Correio da Manhã (1901-1974) e da família Ferrez (1839-2000), além da Coleção de Fotografias Avulsas.
O acervo sonoro abrange o período de 1902 a 1990 e é composto por mais de 11 mil itens, entre discos e fitas de áudio dos fundos Agência Nacional, Presidência da República, Rádio Mayrink Veiga, Humberto Franceschi, Rádio Jornal do Brasil e Serviço de Censura de Diversões Públicas, entre outros.
O conjunto de imagens em movimento possui 33 mil títulos. Fazem parte desse acervo cinejornais, documentários, obras de ficção, filmes publicitários, familiares e recortes de filmes que foram alvo da censura.

 ♦  Sistema de Informações do Arquivo Nacional – SIAN  – Uma nova ferramenta de pesquisa digital no sistem de busca no acervo do Arquivo Nacional que disponibiliza o acesso a mais de 1 milhão de documentos e potencializa as possibilidades de busca, realizando uma varredura por palavra no conteúdo dos documentos.
A pesquisa digital 2.0 está em fase de aperfeiçoamento, e novos filtros de busca serão implementados. A Coordenação de Tecnologia da Informação do Arquivo Nacional desenvolveu essa solução que aumentou a capacidade de pesquisa e a precisão dos resultados do SIAN. Para pesquisar no acervo do Arquivo Nacional, basta acessar o SIAN, realizar um cadastro, clicar em ‘Fundos/Coleções’ e ‘Pesquisa Digital 2.0’.

II.    Arquivo Público do Estado de São Paulo 

O órgão é detentor de um rico acervo histórico, com documentos textuais, fotografias, mapas, ilustrações, jornais, revistas e livros. Qualquer cidadão pode consultar gratuitamente este acervo, na sede do Arquivo Público ou pela internet. Já são mais de 400 mil imagens de documentos digitalizados e disponíveis para consulta em no site.

III.    BDTD – Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações

A Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações do Ibict (BDTD) integra os sistemas de informação de teses e dissertações existentes nas instituições de ensino e pesquisa do Brasil, e também estimula o registro e a publicação de teses e dissertações em meio eletrônico.

IV.    Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin

A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin é um órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo (USP). Possui um acervo online no qual pode-se consultar todo o catálogo de livros de todo o acervo da Universidade de São Paulo (USP) – e disponibiliza mais de 3.000 títulos em acesso aberto.

V.     Biblioteca Digital da Unicamp 

Produção Científica/Acadêmica da Unicamp em formato eletrônico de artigos, fotografias, ilustrações, obras de arte, revistas, registros sonoros, vídeos e outros documentos de interesse ao desenvolvimento científico, tecnológico e sócio cultural. Devido à troca de plataforma de gerenciamento, as teses e dissertações estão disponíveis somente no Repositório Institucional da Unicamp (http://repositorio.unicamp.br/).

VI.    Biblioteca Nacional Digital Brasil 

Disponibiliza as obras da Biblioteca Nacional em formato digital . A Biblioteca Nacional Digital já atingiu o número de mais de 900 mil itens digitalizados e disponíveis para consulta gratuita do público.

 ♦   Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional

A Fundação Biblioteca Nacional oferece aos seus usuários a HEMEROTECA DIGITAL BRASILEIRA, portal de periódicos nacionais que proporciona ampla consulta, pela internet, ao seu acervo de periódicos – jornais, revistas, anuários, boletins etc. – e de publicações seriadas

VII.   Domínio Público

Disponibiliza uma biblioteca virtual com amplo acesso às obras literárias, artísticas e científicas (na forma de textos, sons, imagens e vídeos) já em domínio público ou que tenham a sua divulgação devidamente autorizada, que constituem o patrimônio cultural brasileiro e universal.

VIII.   Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz possui diversos acervos que podem colaborar com a sua pesquisa, especialmente se você está pesquisando temas vinculados a ciências, saúde e suas histórias.

♦  Em primeiro lugar, vale chamar atenção para o Arca , o Repositório Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que reúne toda a produção intelectual dos pesquisadores da Instituição. O Arca está organizado em comunidades que correspondem às unidades da Fiocruz e disponibiliza para a sociedade anais de congresso, artigos de periódicos, artigos publicados em jornais, capítulos de livros, dissertações e teses, livros, fotografias, manuais, entre outros.Em primeiro lugar, vale chamar atenção para o Arca, o Repositório Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que reúne toda a produção intelectual dos pesquisadores da Instituição. O Arca está organizado em comunidades que correspondem às unidades da Fiocruz e disponibiliza para a sociedade anais de congresso, artigos de periódicos, artigos publicados em jornais, capítulos de livros, dissertações e teses, livros, fotografias, manuais, entre outros.

  Outro  portal de interesse para o pesquisador é o Portal de Periódicos da Fiocruz  , um ambiente que integra as revistas científicas editadas pela Fundação Oswaldo Cruz. Aqui, você encontra artigos, notícias, entrevistas, vídeos e infográficos com base na produção científica em saúde. Assim, é mais fácil acompanhar temas do seu interesse sob diferentes perspectivas e se manter sempre atualizado.

♦  Para historiadores e outros cientistas das áreas humanas e sociais, vale sublinhar a importância da Biblioteca da Casa de Oswaldo Cruz . Especializada em história da medicina, história da saúde pública, história, sociologia e filosofia da ciência, a biblioteca inclui em sua coleção literatura primária e secundária nessas áreas, com destaque para obras clássicas no campo das ciências biomédicas e da saúde pública, além de material bibliográfico pertencente a coleções particulares de profissionais da área da saúde. Conta com cerca de 34 mil itens e desenvolve atividades de tratamento e recuperação de seu acervo.

IX.    Oasisbr – Portal brasileiro de publicações científicas em acesso aberto

O Portal é um mecanismo de busca multidisciplinar que permite o acesso gratuito à produção científica de autores vinculados a universidades e institutos de pesquisa brasileiros. Por meio do Oasisbr é possível também realizar buscas em fontes de informação portuguesas.

X.    Portal Regional da BVS 

A coleção de fontes de informação do Portal é composta de bases de dados bibliográficas produzidas pela Rede BVS, como LILACS, além da base de dados Medline e outros tipos de fontes de informação tais como recursos educacionais abertos, sites de internet e eventos científicos.

XI.    Portal de Periódicos Capes 

O Portal de Periódicos, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), é uma biblioteca virtual que reúne e disponibiliza a instituições de ensino e pesquisa no Brasil o melhor da produção científica internacional. Ele conta com um acervo de mais de 45 mil títulos com texto completo, 130 bases referenciais, 12 bases dedicadas exclusivamente a patentes, além de livros, enciclopédias e obras de referência, normas técnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual.

XII.    Scientific Electronic Library Online – Scielo

SciELO é uma biblioteca eletrônica que abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros O site da SciELO é parte do Projeto FAPESP/BIREME/CNPq e um dos produtos da aplicação da metodologia para preparação de publicações eletrônicas em desenvolvimento, especialmente o módulo de interface Internet.
A biblioteca eletrônica proporciona o acesso a coleções de periódicos como um todo, aos fascículos de cada título de periódico, assim como aos textos completos dos artigos. O acesso aos títulos dos periódicos e aos artigos pode ser feito através de índices e de formulários de busca.

♦  A Rede SciELO Livros

Publica coleções nacionais e temáticas de livros acadêmicos com o objetivo de maximizar a visibilidade, acessibilidade, uso e impacto das pesquisas, ensaios e estudos que publicam. Os livros publicados pelo SciELO Livros são selecionados segundo controles de qualidade aplicados por um comitê científico e os textos em formato digital são preparados segundo padrões internacionais. São legíveis nos leitores de ebooks, tablets, smartphones e telas de computador.

 

SUPORTES INTERNACIONAIS PARA PESQUISA

I.    Center for Research Libraries (CRL)

Consórcio internacional de universidades, faculdades e bibliotecas de pesquisa independentes. Fundada em 1949, a CRL apoia a pesquisa original e o ensino inspirado nas ciências humanas e sociais, entre outras, preservando e disponibilizando aos acadêmicos uma riqueza de materiais de origem primária raros e incomuns de todas as regiões do mundo.Há bastante material digitalizado sobre o Brasil, como relatórios ministeriais (agricultura, educação, trabalho, saúde / negócios interiores) dissertações e monografias, panfletos e propagandas (sobre mulheres e crianças, ministério da saúde, por exemplo), coleção das constituições brasileiras, etc. Veja, por exemplo: http://catalog.crl.edu/search/Y?SEARCH=Brazil&searchscope=5&x=6&y=16
Mas tem muita mais para pesquisar no site. Vale se aprofundar por meio dos diversos modos de pesquisa que ele oferece.

II.    Gale – Cengage Learning

Possui  um banco de dados com  jornais, periódicos, periódicos, vídeos e podcasts atualizados em texto completo para consulta, além de uma plataforma de e-book da Gale com  extensa coleção de e-livros para bibliotecas – de clássicos fundamentais a novos títulos tópicos e a coleção de fonte primárias da Gale.

III.    Gallica 

Essa é a biblioteca digital da Bibliothèque Nationale de France e de seus parceiros. Online desde 1997, é enriquecida a cada semana com milhares de novos recursos e hoje oferece acesso a vários milhões de documentos digitalizados. Sua missão é oferecer aos leitores um conjunto de documentos livres de direitos autorais em imagens e documentos em modo de texto, e possui vários arquivos temáticos que oferecem rotas estruturadas por tipo de documento, tema ou área geográfica, acessíveis no botão “Coleções”.Principalmente em francês, esses recursos livres de royalties oferecem uma ampla variedade de mídias (livros, revistas, jornais, partituras, gravuras, mapas, fotografias, gravações sonoras, manuscritos, pôsteres, partituras, etc.) e variam da Antiguidade até a primeira metade do século 20, com uma forte presença de documentos publicados no século XIX.

IV.    Institut of Historical Research

O Instituto de Pesquisa Histórica (IHR) é o centro nacional de história do Reino Unido. Criamos e fornecemos recursos para incentivar, apoiar e facilitar novas pesquisas de historiadores. Esses recursos vão desde as extensas coleções de pesquisa primária da Biblioteca IHR Wohl até recursos digitais, publicações, treinamento especializado, oficinas, palestras e seminários.

V.    Internet Archive

O Internet Archive, uma organização sem fins lucrativos consiste em uma biblioteca digital de sites da Internet e outros artefatos culturais em formato digital. Fornece acesso gratuito e universal a todo conhecimento. O arquivo contém:
• 330 bilhões de páginas da web,
• 20 milhões de livros e textos,
• 4,5 milhões de gravações de áudio (incluindo 180.000 concertos ao vivo,
• 4 milhões de vídeos (incluindo 1,6 milhão de programas de notícias televisivas),
• 3 milhões de imagens,
• 200.000 programas de software.

VI.   Latindex

Latindex é resultado da cooperação de uma rede de instituições que trabalham de maneira coordenada para reunir e divulgar informações sobre as publicações científicas produzidas na América Latina. A Latindex possui dois serviços principais de informação: 1. DIRECTORY, que oferece dados bibliográficos e de contato para todas as revistas registradas e 2. CATALOG, composto de revistas com os mais altos padrões de qualidade, de acordo com a metodologia Latindex. Além disso, o site fornece informações específicas sobre os periódicos disponíveis on-line, sejam eles registrados no Diretório ou classificados no Catálogo. A seção “Produtos” fornece mais informações sobre esses recursos e como consultá-los. A Latindex também oferece acesso ao texto completo de uma seleção de revistas latino-americanas disponíveis nos portais mais importantes da região, por meio do “Portal de Portales Latindex”.

VII.    Library of Congress — National Digital Library Sobre os EUA

Programa Nacional de Bibliotecas Digitais da Biblioteca do Congresso (NDLP) norte americano montou uma biblioteca digital de reproduções de materiais de fonte primária para apoiar o estudo da história e cultura nos Estados Unidos. Iniciado em 1995, após um projeto piloto de cinco anos, o programa começou a digitalizar coleções selecionadas de materiais de arquivo da Biblioteca do Congresso que narram a rica herança cultural dos EUA e também de outros países, como o Brasil. Digitalizou coleções de livros, panfletos, filmes, manuscritos e gravações sonoras.

VIII.   NDLTD – Networked Digital Library of Theses and Dissertations

A Biblioteca Digital em Rede de Teses e Dissertações (NDLTD) é uma organização internacional dedicada a promover a adoção, criação, uso, disseminação e preservação de teses e dissertações eletrônicas (ETDs).
IX. Open Washington – College Open Textbooks – https://www.openwa.org/college-open-textbooks-page/ (Repositório: https://start.me/p/QRDO7R/open-washington-find-oer)Este portal faz parte das redes OER, recursos educacionais abertos que são materiais de ensino e aprendizagem que você pode usar e reutilizar gratuitamente. Os REA geralmente têm uma licença Creative Commons que especifica como o material pode ser usado, reutilizado, adaptado e compartilhado. Reúne recursos por diferentes categorias, como imagens, vídeos, slides, livros e cursos online, com a intenção de tornar o processo de pesquisa mais eficiente e eficaz. Passe o mouse sobre um bloco de recursos para obter informações adicionais sobre o recurso.

X.    PubMed

O PubMed compreende mais de 30 milhões de citações para literatura biomédica do MEDLINE, periódicos de ciências da vida e livros on-line. As citações podem incluir links para conteúdo de texto completo nos sites da PubMed Central e dos editores.

XI.    Staffordshire’s Asylums

Os Staffordshire Archives and Heritage, juntamente com os parceiros do Wellcome Trust, estão realizando um projeto para lançar luz sobre a história dos três asilos do condado de Staffordshire: Stafford (aberto em 1818), Burntwood (1864) e Cheddleton (1899).
O projeto ainda em andamento se concentra na experiência do paciente ao catalogar os registros de casos do período 1818-1960. O principal recurso de pesquisa produzido pelo projeto será um banco de dados de informações extraídas das notas de caso que podem ser usadas para pesquisas em história médica e social. Além disso, criamos um índice on-line para ajudar os historiadores da família. Embora o acesso seja restrito a registros com menos de 100 anos, o material anterior está disponível para pesquisa. Os registros dessas três instituições são notavelmente consistentes e bem preservados, com apenas uma lacuna nos registros de Stafford entre as décadas de 1840 e 1870. Traçar as histórias médicas e culturais da saúde mental e seu tratamento traz à tona muitas perguntas e muitas histórias individuais. Perguntas sobre os significados sociais da saúde mental, estresse ocupacional, como as experiências das pessoas afetaram o gênero e como os asilos funcionaram e os papéis que elas desempenharam serão todos explorados nestas páginas.

XII.    The Internet Public Library (ipl2) 

Oferece um ponto de partida para quem faz pesquisas na Internet. As principais coleções incluem referências, exposições, revistas e periódicos, jornais, textos on-line, pesquisa na web e extensas coleções de adolescentes e jovens. A referência abrange todas as disciplinas acadêmicas com um extenso tutorial sobre o processo de pesquisa.

XIII.   The London Library 

Abrangendo quase 3000 anos, a Biblioteca Britânica guarda cerca de 200 milhões de itens (crescendo a cada ano), que incluem, além de livros, manuscritos, mapas, selos, patentes, fotos, partituras e muito mais.

XIV.    The Online Books  

Disponibiliza mais de 3 milhões de livros gratuitos para consulta na Web.

XV.    Wellcome Library

Milhares de itens das coleções da Biblioteca estão disponíveis gratuitamente online. As coleções digitais da Biblioteca cobrem uma ampla variedade de tópicos, incluindo asilos, alimentação, saúde sexual e sexual, genética, saúde pública e guerra.Livros, panfletos, arquivos, pôsteres, fotografias e gravações de filmes e sons publicados são totalmente gratuitos. Os materiais digitalizados são liberados sob uma variedade de licenças não comerciais, de atribuição e de domínio público da Creative Commons.

XVI.   Google books

Uma ferramenta para pesquisar livros e informações específicas neles. Embora, em muitos casos, o acesso  seja a parte do texto, é possível saber, por meio do mecanismo de pesquisa, se um tópico ou personagem específico é citado e em qual página essas informações são encontradas. Se você estiver procurando textos completos, o recomendável é ir em “Preferências”, depois “Pesquisa avançada” e selecionar “Somente exibição completa”. Dessa forma, ele produzirá apenas textos digitalizados completos que podem ser baixados posteriormente, mesmo em PDF.

XVII. Coleções digitais do Instituto Ibero-americano

É possível acessar mais de 2.500 livros, 112 partituras musicais e 1.730 revistas, entre outros tipos de fontes documentais audiovisuais. No caso do Peru, possui uma coleção completa da revista Variedades , Mercúrio Peruano , Almanaque del Comércio , Mundial , que pode ser baixada por pesquisadores.

XVII.  Memoria Chilena

Um centro de recursos digitais que apresenta pesquisas baseadas em documentos digitalizados pertencentes às coleções da Biblioteca Nacional do Chile.Possui 22 tópicos relacionados à saúde e bem-estar social , incluindo alcoolismo, alimentação, higiene e saúde pública, entre muitos outros.

XIX. Biblioteca Nacional Digital do Chile

A plataforma que reúne todas as coleções e serviços digitais da Biblioteca Nacional do Chile e é composta por mais de 244.000 objetos digitais.

XX.  Biblioteca Digital da Biblioteca Nacional do Peru

Suas coleções incluem vários temas, como ciências sociais, administração, literatura universal e peruana: clássica e contemporânea. Nesta biblioteca é possível obter material relacionado à saúde e à ciência, entre eles textos pertencentes à Coleção Antiga, que datam do século XIX até os mais recentes.

XXI.  Endangered Archive Program  –  EAP

Facilita a digitalização de arquivos em todo o mundo que estão em risco de destruição, abandono ou deterioração física. Desde 2004, o Programa digitalizou mais de oito milhões de imagens e 25.000 trilhas sonoras. Os tipos de arquivos digitalizados até o momento incluem fontes raras de impressão, manuscritos, materiais visuais e gravações de áudio. Para os interessados ​​em questões de história da saúde no Peru, destacamos o projeto de digitalização do material da Faculdade de Medicina da Universidade Nacional Prefeito de San Marcos, que permite o acesso a dezenas de teses médicas, principalmente a partir do século XIX. Para os interessados ​​em revisar a imprensa, a EAP digitalizou o jornal El Debe de Arequipa.

XXII.  Centro de Estudos do Peru da Universidade Católica de San Pablo de Arequipa

Disponibiliza  vários exemplares do jornal de Arequipa digitalizados.

XXIII. Biblioteca Digital da Universidade do Chile

É possível acessar as coleções do Museu Nacional de Medicina Dr. Enrique Laval, que digitalizou fotografias, teses, planos, documentos de arquivo, diplomas médicos, entre muitos outros.

XXIV. Sala de leitura hispânica da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos

O site reúne várias coleções digitais. Na seção “História e Cultura” é possível obter mapas antigos da América, imagens de Cristóvão Colombo, Crônicas do Novo Mundo, materiais primários e secundários das viagens de Francis Drake, entre muitos outros.

XXV. Coleção de pôsteres da Universidade de Princeton na América Latina

Tem um acervo da década de 1970 até os dias atuais. A coleção foi criada por uma grande variedade de ativistas sociais, organizações não-governamentais e agências governamentais. Possui material produzido na Argentina, Bolívia, Chile, Equador, México e Venezuela. Há material referente à área da saúde, como o pôster ” 1000 novos enfermeiros ” da Central de Trabalhadores Argentinos.

XXVI. Coleção Digital de Panfletos da América Latina da Universidade de Harvard

Disponibiliza centenas de folhetos latino-americanos raros e exclusivos, publicados durante os séculos XIX e XX, para os pesquisadores.

XXVII.  HathiTrust

Uma colaboração sem fins lucrativos de bibliotecas acadêmicas e de pesquisa que preserva milhões de itens digitalizados. Os tipos de arquivo incluem fontes de impressão raras, manuscritos, materiais visuais, gravações de áudio. Dos 6.740.279 livros que compõem a biblioteca, cerca de 39% do total são de domínio público.

XXVII.  FamilySearch

Um projeto de arquivo genealógico e um dos maiores bancos de dados do mundo. É o braço institucional da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, dedicado à pesquisa genealógica.  Para a América Latina, grande parte da coleção é baseada em registros paroquiais e civis (nascimentos, mortes, casamentos), censos e fontes secundárias na história genealógica e familiar.

XXIX. Arquivo Mundial de Jornais – Jornais da América Latina 1-2 

Disponibiliza arquivos digitais da imprensa da Argentina, Brasil, Chile, Cuba, México, Peru, entre muitos outros.